16 de novembro de 2008

Aniversario de Fernanda

Olá Amigas!
Hoje vou postar sobre o aniversário de minha norinha prendada.
Foi muito bom, só família e nós ( que estamos torcendo para ingressar nela também).rsrs
Essa é Fernanda.

Fernanda e os Pais.
Olha que felicidade.
O Bolo estava uma delícia.
Sem falar nos docinhos, me fartei. rsrs
Flaguei uma certa menininha, pegando bocinhos. rsrs
Fernanda e Junior.

Tales e Beatriz, sobrinhos os lindos de Fernanda. Ele faz pose para tirar foto.
Ela é muito linda, né? Mais já tem compromisso. rsrs
Essa fruta cujo nome é Fruta Dragão, meu marido trouxe pra me mostrar e provar.
Esse pé de maracujá é da casa de Nanda, são enormes e o pé estava carregado.
Essa erva amarela em cima do arbusto não sei se voces conhecem, não lembro o nome, mais acho lindo. É uma pararasita que parece fio de ovos.

Pé de carambola, da casa da Nanda. Pena que quem tem problemas renais não pode comer. snif snif
Mais pitangas, dessa vez são da Nanda.
Beijos

11 comentários:

  1. oi amiga meus parabéns á sua norinha o bolo realmente devia ser uma delicia, beijos e um bom domingo.

    ResponderExcluir
  2. Quase acredite...

    Quase acreditei que não era nada,
    ao me tratarem como nada.

    Quase acreditei que não seria capaz,
    quando não me chamavam por acharem que eu não era capaz.

    Quase acreditei que não sabia,
    quando não me perguntavam por acharem que eu não sabia.

    Quase acreditei ser diferente,
    entre tantos iguais, entre tantos capazes e sabidos,
    entre tantos que eram chamados e escolhidos.

    Quase acreditei estar de fora,
    quando me deixavam de fora porque... que falta fazia?

    E de quase acreditar adoeci;
    busquei ajuda com doutores, mestres, magos e querubins.

    Procurei a cura em toda parte e ela estava tão perto de mim.

    Me ensinaram a olhar para dentro de mim mesmo e perceber que sou exatamente como os iguais que me faziam diferente.

    E acreditei profundamente em mim.
    E tenho como dívida com a vida fazer com que cada ser humano
    se perceba, se ame, se admire de si mesmo,
    como verdadeira fonte de riqueza.

    Foi assim que cresci:
    acreditando.

    Sou exatamente do tamanho de todo ser humano.

    E por acreditar perdi o medo de dizer, de falar,
    participar e até de cometer enganos.

    E se errar?
    Paciência, continuo vivendo por isso aprendendo.
    E errar é humano.
    Desejo uma semana repleta de amor paz e muita saúde.
    BEIJOS COM CARINHO.

    ResponderExcluir
  3. Minha Lindinha!
    Quanta coisa gostosa!!!
    Parabéns e muitas felicidades pra Fernanda.
    Boa Semaninha e muitos bjinhos no coração.
    Aninha.

    ResponderExcluir
  4. A amizade não obedece
    a uma presença constante,
    mas..Exige uma constante
    lembrança!
    Por isso lembrei-me das
    pessoas que realmente
    estimo e admiro!!
    E tu é uma delas!

    ResponderExcluir
  5. Oi Katia!
    Lindas fotos. Lindas frutas.
    Tenha ótimos dias.
    Abracinhos
    Sue

    ResponderExcluir
  6. "VAMOS REFLECTIR UM POUCO"

    "ALÉM DO DEVER"

    Um homem foi chamado à praia para pintar um barco.
    Trouxe tinta e pincéis e começou a pintar o barco de um vermelho brilhante,
    como fora contratado para fazer.
    Enquanto pintava, notou que a tinta estava passando pelo fundo do barco.
    Procurou e descobriu que a causa do vazamento era um buraco e o consertou.
    Quando terminou a pintura, recebeu seu dinheiro e se foi.
    No dia seguinte, o proprietário do barco procurou o pintor
    e lhe entregou um cheque de grande valor.
    O pintor ficou surpreso e falou: “O senhor já me pagou pela pintura do barco.”
    “Mas isto não é pelo trabalho de pintura”, falou o homem.
    “É por ter consertado o vazamento do barco.”
    “Foi um serviço tão pequeno que não quis cobrar”, acrescentou o pintor.
    “Certamente o senhor não está me pagando uma quantia tão alta
    por algo tão insignificante!”
    “Meu caro amigo, você não compreendeu”, disse o proprietário do barco.
    “Deixe-me contar-lhe o que aconteceu.
    Quando pedi a você que pintasse o barco, esqueci de mencionar o vazamento.
    Quando o barco secou, meus filhos o pegaram e saíram para uma pescaria.
    Eu não estava em casa naquele momento.
    Quando voltei e notei que haviam saído com o barco, fiquei desesperado,
    pois me lembrei que o barco tinha um furo.
    Grandes foram meu alívio e minha alegria quando os vi retornando, sãos e salvos.
    Então, examinei o barco e constatei que você o havia consertado.
    Percebe, agora, o que fez?
    Salvou a vida de meus filhos!
    Não tenho dinheiro suficiente para lhe pagar pela sua ‘pequena’ boa acção...”

    * * *
    Se em nossa acção diária todos nós fizéssemos como aquele pintor,
    certamente o mundo seria diferente.
    Mas, o que geralmente acontece é que fazemos apenas a nossa obrigação,
    quando a fazemos.
    Fazer o que nos compete, com disposição e zelo, é apenas cumprir um dever.
    Todavia, se, além do dever, buscássemos fazer o que precisa ser feito,
    sem que ninguém nos peça,
    então poderíamos dizer que estamos investindo numa sociedade melhor.
    Quem trabalha apenas para receber seu salário,
    demonstra que vale quanto ganha.
    Mas, quem executa suas obrigações e vai além,
    sem esperar recompensa alguma, está investindo na própria felicidade.
    O trabalho dignifica o ser, mas o trabalho feito com amor e dedicação,
    enobrece a alma.
    Trabalhar por convicção e prazer, e não por obrigação,
    é a melhor maneira de se sentir bem.
    Isso porque, se ninguém elogiar nosso trabalho nem reconhecer nosso esforço,
    para nós não fará diferença alguma.
    A grande satisfação estará calcada unicamente
    em fazer com excelência o que fazemos.
    E o salário, nesse caso, será apenas uma consequência.
    DESEJO QUE SEU FIM DE SEMANA SEJA MARAVILHOSO
    NA PRESENÇA DE TODOS QUE MAIS AMA.
    BEIJOS COM CARINHO.

    ResponderExcluir
  7. "Escrevo"

    Escrevo com a alma.
    E quando a caneta começa a escrever
    não há nada que a acalme.
    Transborda a paixão em cada palavra que escrevo
    e sinto a sílabas a fluírem em cada nervo.
    Escrevo com o coração nos dedos
    nela liberto o meu coração.
    São as palavras que povoam a minha mente
    de algum crime contra elas sou inocente.
    Sou culpada sim de escrever.
    Mas prefiro estar presa do que livre sem aquilo que me faz viver.
    Desejo uma semana com muita saúde,amor,paz e muita alegria.
    BEIJOS COM CARINHO.

    ResponderExcluir
  8. Demorei demais não é?
    Mas nunca ti esqueci viu?
    (muito trabalho)
    Vim deixar um beijo
    Fike bem fike com Deus
    Um abraço da amiga edinir-croche

    ResponderExcluir
  9. Amiga, desejo a Fernanda e ao Junior toda felicidade do mundo.
    Adorei as fotos das arvores frutiferas, e sua pitangueira esta linda bem carregada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Olá...meu nome é Nuxa, estou associada ao grupo ArteTotal, visitei o vosso Blog, porque o nome de Cátia me chamou atenção (tenho uma filha com o mesmo nome e 33 anos), gostei do V/blog e de ver uma familia tão bonita e é bom que todos saibam dd tudo para poderem ensinar quem vos visita cá deste lado (Portugal). Vivo no Algarve e tenho muitas arvores de frutos tropicais, uma é a Pitangueira que aqui dá pitangas 2 vezes por ano...são muito gostosas e meu marido já conhecia este fruto lá das Africas, aqui apenas deitamos uma semente à terra e temos uma linda arvore e produtiva.
    Beijinhos para todo o Brasil e em especial para vocês.

    ResponderExcluir

Obrigada por doar um pouco do seu tempo para comentar e deixar seu recadinho.
Um Abraço.
Katia